42. Quirkyalone


Já escrevi sobre isso, mas a matéria que me "inspirou" foi publicada novamente, desta vez no "meu" site. Mas vou destacar um só parágrafo do texto.

"A amizade é um valor inquestionável para esse grupo. Eles têm uma forte rede de amigos com quem falam praticamente todos os dias, e que constituem um pilar, uma fonte de apoio mútuo. E, ao contrário do que acontece com muitos solteiros comuns, QAs não abrem mão dos amigos por uma pessoa, pois, pra eles, amigos são mais que “um artifício para passar o tempo até que se encontre outra pessoa mais importante. Na verdade, NÓS TEMOS outras pessoas importantes”. Já dá pra ver que eles são solteiros, mas não solitários."

E você é uma QA? Se for, parabéns. Eu sou. E, felizmente já encontrei mais alguns como eu. Poucos, mas fiéis QA.

41. Pessoas

Gente... Como a gente, quando está sensível, se magoa facilmente não é? Mas tudo tem seu lado bom: pelo menos assim, a gente pode enxergar algumas coisas também.

40. A loura fatal


Estava eu sem saber bem o que responder ao meu amigo "bloguístico" Tom, com relação ao comentário dele no meu post abaixo. Mas é o seguinte Tom, tenho um sério problema de relacionamento com meus amigos. É que tenho AMIGOS! Amigos mesmos! Sou muito mal acostumada por eles. É que a gente se ama de verdade. É aquele amor mais forte do que tudo. E então, eu acabo achando que é possível que todos os relacionamentos de amizade que eu faça possam ser iguais. Você tem razão. Por esse motivo, acabo me decepcionando com as atitudes de novos colegas. Me decepcionei porque esperei demais. Descobri que eles não são amigos, mas sim meramente colegas. Meus amigos são Tacy, Maite, Dja, Walmy, Meu Dindo, Nivando... Pessoas que nem o tempo, nem o espaço fazem ficarem longe de mim.

Mais recentemente, alguns novos nomes entraram nessa lista. Alguns de forma absolutamente louca. Um desses nomes é o de Pati Rabelo. Carnaval do ano passado, meu primo me pergunta se poderia vir para minha casa e trazer uma amiga. A casa já estava cheia, mas tinha ainda muito chão sobrando e ela veio sabendo que o chão a esperava. Peguei a coitada no aeroporto, fiz ela colocar o abadá do Araketu dentro do carro e joguei a criatura da avenida. Neste dia, eu estava com Fabricio (um amigo meu, TDB) e saímos em cima do trio do Araketu, com direito a não acertar nem o meu nome direito (Imaginem aí se eu reconheci Pati, quando desci do Trio).

Bom, e foi deste jeito que Pati me conheceu... Eu me acabando (e eu me acabo meeeesmo!) no Araketu. E essa "lora", com sua timidez foi conquistando a todos que estavam no carnaval lá em casa. Eu não sabia que se tratava de uma menina tão fantástica e nem mesmo dei a devida atenção a ela durante aqueles dias (mas acho que ela já perdoou... Metade era culpa da minha taxa de sangue no meio do elevado teor alcóolico ou alguma coisa assim... E o resto do tempo que eu passava sóbria eu tinha que brigar com o "Meu Coração", senão não tinha graça). Pois bem, como Pati diria "altas comédias" nas ruas de Salvador... Ivete, camarote, Araketu, sandálias quebradas, a gente se perdendo e se achando.... E da forma mais insólita, nascia uma amizade de verdade.

Passei a encontrar sempre com Pati quando ia a Fortaleza, pois ela além de ser uma pessoa extremamente agradável, é muito descolada e sempre me levava e me apresentava aos locais e pessoas mais incríveis. Um dia, me convidou para falar sobre cinema no Bem Resolvida. Até hoje não sei como agradecer. Gente! Eu ADORO falar sobre cinema. Respiro cinema há tanto tempo que nem lembro mais.

Bom, mas a menina é danada demais. Além do Bem Resolvida, onde ela é editora, é colaboradora do Site "Update or Die", e é ainda editora do conteúdo local da Revista "PIX"! A última "danação": está comandando um quadro no programa "Viva Fortaleza" na TV O POVO. O programa vai ao ar hoje, mas o quadro de Pati será o UP2date, às quartas. Só mais um novo sucesso da lista desta vencedora!

Ufa! Perdeu o fôlego? Não perca ainda não, pois essa "lora" danada ainda arruma tempo para ouvir e dar colo para os amigos, recepcioná-los, ir junto para as baladas, e estar sempre presente. By the way, isso não é mesmo o que os amigos fazem?

Eu, aqui da minha Bahia, morrendo de saudade da minha amiga com quem falo quase todos os dias, mandando toda a minha energia positiva para ela, hoje e sempre.
São desses amigos que falo com todo o orgulho do mundo. São deles minha admiração, meu amor INCONDICIONAL, e a minha tietagem explícita! Se joga Lora!!! Como diz o "Meu Coração": Vai dar tudo certo! No seu caso, miga, já deu!!!!!!!

39. Sobre pessoas.

Sempre me decepciono com as pessoas. Sempre espero o melhor delas. Sempre confio. Eventualmente, quebro a cara. Mais corriqueiramente do que gostaria. Fico triste, muito triste mesmo em gostar, confiar, pensar que encontrei um novo amigo e só, de novo, ver que não foi nada disso.

No último ano, isso me aconteceu pelo menos uma meia dúzia de vezes. Esse findi, me aconteceu pelo menos 2 (na verdade, teve até uma terceira, no cinema, mas essa pessoa, como já se disse já era "página virada, descartada do meu folhetim..."). Um pessoa muito próxima (e essa doeu.. Ainda doi.) A outra, nem tão próxima assim, mas de quem eu não esperava tal atitude. Troquei bola sobre essas pessoas com uma amiga que me falou que as coisas são assim mesmo: é a seleção natural.

Será?

Será que é seleção natural você ser egoísta e só pensar em si mesmo? Será que eu estou tão errada assim em pensar que as pessoas possam ter consideração com as outras? Será que eu sou a única pessoa do mundo que coloca os amigos SEMPRE em primeiro lugar?

Pensando bem... Não sou. Meus amigos de verdade, meus fiéis escudeiros, nunca me deixaram na mão. Pelo contrário, sempre brigam comigo porque eu dificilmente peço a ajuda deles...

Só sei que me restam algumas certezas. Uma delas é que esses que são verdadeiramente meus amigos não me colocam em primeiro lugar.Me colocam SEMPRE ao lado deles. Andamos de mãos dadas. E juntos vamos longe. Em alguns casos, voamos longe...

As pessoas que se foram, que seus caminhos sejam tão bonitos quantos os meus. Com certeza, não serão os mesmos.

As pessoas que permanecem, vamos ver o que nos aguarda.

As pessoas que escolhi: já fazem parte de mim. Nem que quisessem, conseguiriam me deixar.

Beijos ao Wal, meu Dindo e Nivando.

E obrigado pela paciência nesse findi comigo.

PS - É.. Essa depressão toda deve ser falta de vôo.... Alguém aí me convida para voar? Tô louca para encarar uma asa delta... Flamarion!!! Ferrari!!! Cadê vocês!!

38. Sigo Adiante: Agora é tarde, e não foi só a Inês.


Pois é... Meu amigo Dja, como sempre, é quem tem razão...

37. Pague pra ver

Resolvi tirar a poeira do blog, para não ficar recebendo comentários "desaforados" do Sr. Marshal... Rss Bom, o post era sobre mudanças, mas resolvi fazer propaganda para aqueles que tem o privilégio de morar nessa cidade linda que é Salvador, ou que pelo menos estão passando alguns ias por aqui. Não deixem de assistir a peça "Pague pra ver" em cartaz no Teatro XVIII (Pelourinho), de sexta a domingo as 20hs. Afinal, posso até ser colunista de Cinema, mas ADORO teatro!

(Mas o vídeo abaixo é meu.... E quero comentários sobre a peça, ouviram?)